Mount Olympian

Missão one post para Syd Barret

Ir em baixo

Missão one post para Syd Barret

Mensagem por Nyx em Dom Ago 04, 2013 12:02 am

Syd caminhava pela praia, quando viu uma bela mulher passeando junto com ela. Ela a encarava e foi chegando mais perto... Seu vestido, preto como a noite voava no vento. Quando Syd alcançou a mulher, ele sorriu.
- Nyx. Você outra vez...
Nyx sorriu e agaixou, pegou uma pedra e jogou contra o mar.
- Syd Barrett... Seus serviços são incríveis. Como não gostar, querido? - Ela deu uma pausa, depois começou a falar. - Bom. Há uma semideusa, filha de Hécate presa por muitos monstros. Para começar, você terá a incrível presença de 2 ciclopes. Depois... 1 dracanae aguardará você na entrada do covil. E depois para salvar a garota... Você passará por um escorpião gigante. - A deusa se vira para o semideus. - Consegue traze-la para mim em segurança? Ela está na França.
- Como eu chegaria lá? - Nyx deu uma risada, e das suas mãos, saiu um anel. Ela entregou para Syd.
- Jogue-o no chão... Abrirá um portal... É só pular nele. Se encontrará logo de cara com os dois ciclopes.
Nyx se afastou, deixando o garoto sozinho na praia. Ele conseguiu ouvir um tipo de sussurro. "Não falhe"

sobre a missão:
- Comece o post se encontrando com Nyx, depois disso pegue e o anel e vá dormir.
- Diga que saiu cedo e levou as armas de seu gosto.
- Pare o post quando chegar em França.
- Brigue com os monstros na sequencia que eu disse.
- Se eu quiser acrescentar algo, falarei por MP.
- B0a sorte.
clique aqui, Syd:
Bom, eu estou voltando de férias dia 5, por isso eu vou estar estressada e sem muito tempo para postar, espero que entenda isso.
Sua missão vai ser curta, se não gostar disso, me desculpe.
DE MANEIRA ALGUMA desista da missão. Pois eu estou dando meu tempo para isso. Se desistir, haverá maldições.
Se quer desistir, é só mandar uma MP para mim.
avatar
Nyx
Primordiais
Primordiais

Mensagens : 83
Data de inscrição : 28/06/2013
Idade : 25
Localização : Submundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão one post para Syd Barret

Mensagem por Syd Barrett em Dom Ago 04, 2013 2:32 pm

Syd caminhava pela praia, chutando a areia e a esmagando entre os seus dedos. Ele estava distraído com a brincadeira relaxante e quase hipnotizado com o barulho das ondas do mar, quando notou que não estava sozinho. Era relativamente difícil alguém ir até a praia, por isso o garoto assustou-se no primeiro momento, mas quando encarou a mulher vestida de negro pela segunda vez, a reconheceu. O semideus sorriu com o canto da boca e falou, se aproximando:

- Nyx. Você outra vez...

A deusa agachou-se para pegar uma pedrinha na areia e a jogou contra o mar. Depois encarou o garoto e falou:
- Syd Barrett... Seus serviços são incríveis. Como não gostar, querido? - Ela deu uma pausa, depois recomeçou a falar. - Bom. Há uma semideusa, filha de Hécate presa por muitos monstros. Para começar, você terá a incrível presença de 2 ciclopes. Depois... 1 dracanae aguardará você na entrada do covil. E depois para salvar a garota... Você passará por um escorpião gigante. - A deusa se virou para o semideus e perguntou - Consegue traze-la para mim em segurança? Ela está na França. - Syd pensou na distância assim que ouviu o nome do local, não era seguro fazer uma viagem atlântica nem por avião, nem sobre sua quimera domesticada. Então decidiu perguntar:

- Como eu chegaria lá? - A deusa sorriu e retirou um anel de seus dedos, depois o entregou ao semideus e explicou:
- Jogue-o no chão... Abrirá um portal... É só pular nele. Se encontrará logo de cara com os dois ciclopes.

Nyx lheentregou o anel e se afastou, sumindo a cada passo, até que não sobrasse mais nada de sua presença a não ser um sussurro que dizia "Não falhe". Syd olhou para o céu e depois sentou-se um pouco na areia, encarando o horizonte. Iria teleporta-se para a França no dia seguinte, quando estivesse mais descansado, por isso apreciava o momento de paz. Mas o garoto logo levantou e caminhou até o seu chalé, precisava fazer outra coisa que provavelmente não faria tão cedo: dormir uma boa noite de sono.

Syd dormiu um sono pesado e sem sonhos naquela noite. Despertou com um susto antes do sol nascer e sentou-se no seu beliche. Coçou os olhos e foi tomar um banho gelado, para espantar o sono. Depois vestiu a blusa do acampamento e uma calça jeans. Colocou seu robe por cima da blusa e pegou seus anéis mágicos no criado mudo de seu quarto, inclusive o de Nyx. Depois amarrou as bainhas de suas duas espadas nas costas e pôs seu bracelete no pulso. Estava preparado para a missão, no quesito armamento.

O garoto caminhou para fora do seu chalé e retirou o anel de Nyx do dedo. O estudou por um momento, era um anel muito bonito, mas principalmente útil. Arremessou o adorno no chão com força e um grande buraco negro se formou no ar, como uma porta. Syd entrou na sombra e sentiu uma sensação esquisita percorrer seu corpo. Quando deu por si, estava num lugar diferente.

O sol matinal já brilhava no céu da França quando o garoto lá chegou. Syd desembainhou a espada antes mesmo de ver o perigo, pois Nyx lhe adivertira que não demoraria a se encontrar com os ciclopes. O meio sangue estava numa rua pouco movimentada, as portas de uma mansão horripilante, com um jardim mal cuidado e grades altas e enferrujadas. O garoto ouviu uma voz gritando, do alto de uma torre de vigia:

- VOCÊ AÍ, SEU DELINQUENTE, O QUE ESTÁ FAZENDO AÍ? - Syd elevou seus olhos e viu um gigante vestido com roupas de capanga. O monstro tinha um olho apenas, cravado no meio do rosto e pulou do alto do muro para o chão com um estrando. Ele segurava uma grande crava da madeira na mão e gritou - IRMÃO, TEMOS COMIDA, NÃO, DELINQUENTE. Ah, tudo a mesma coisa. - O outro ciclope saltou por cima do muro e pousou ao lado do irmão. Apontou sua clava para o semideus e falou:
- Ah. Esses são mais gostosos que os outros! Que sorte! Vamos logo. -Syd estava um pouco pasmo com a cena, mas assim que os gigantes avançaram contra ele, despertou. Pôs-se em posição defensiva e ativou seu seu bracelete, criando um escudo em chamas em redor de seu braço esquerdo. O garoto voou para trás, para ganhar mais tempo, e falou:
- Dois contra um é covardia. Tryga, venha igualar isso!

Imediatamente um alto rugido foi ouvido e um guerreiro híbrido com tigre vestindo uma armadura de ferro apareceu. Os ciclopes não se intimidaram com o guerreiro, mas se distraíram com a invocação. Syd aproveitou esse momento para criar videiras e entrelaçar as pernas de um deles. Tryga correu na direção do ciclope ainda livre, enquanto o semideus voou contra o ciclope preso. O monstro até tentou resistir inicialmente, brandindo a sua clava na direção do filho de Dionísio, mas o garoto tinha agilidade suficiente para desviar de lado e contra atacar. Syd fez um corte no braço do ciclope, que rugiu de dor e estapeou o ar, na tentativa de atingir Syd. O semideus desviou uma segunda vez e avançou contra o monstro, executando um golpe de cima para baixo com toda a sua destreza. A lâmina da espada penetrou no ombro do ciclope e se cravou bem fundo. O monstro tornou-se poeira dourada na mesma hora e desapareceu.

Syd caiu no chão com um baque surdo, desativou o seu escudo e sacou sua outra espada. A lâmina da espada Colosso tinha a habilidade de cortar qualquer coisa, parecia ser útil na luta contra um ciclope. Tryga estava se virando bem contra o adversário, mas levava uma notável desvantagem. Erá ágil para ataca-lo,  mas suas garras não eram tão eficientes contra um monstro tão grande, seus cortes aparentavam ser arranhões. Syd voou para cima do segundo ciclope e lançou uma rajada de chamas azuis dos seus olhos. As chamas não queimavam a pele do monstro, que era imune a fogo, mas começaram a desintegrar seu bastão. O gigante arremessou o bastão contra Tryga numa velocidade tão grande que o guerreiro não conseguiu desviar. Acabou esmagado pela arma e virou poeira dourada.

O garoto golpeou o ciclope com sua espada de quartzo, causando um corte superficial no braço do gigante, mas o monstro virou-se e o acertou com as costas da mão. Syd perdeu o controle dos ventos e caiu de uma grande altura. Conseguiu frear a queda, mas ainda chocou-se fortemente com o chão. Seus músculos ficaram doloridos, mas os ossos de titânio eram resistentes. O ciclope virou-se contra o semideus e avançou. Ergueu o pé e o pisoteou com força. Syd escapou do esmagamento ao ativar seu anel fantasma e deixar deu corpo intangível, o meio sangue atravessou a pé do ciclope e voltou a se materializar. Golpeou o tornozelo do gigante com sua espada Colosso como se estivesse cortando papel e decepou o pé do monstro. A criatura berrou de dor caiu para o lado, se contorcendo. Syd executou um rápido golpe de misericórdia, elevou-se numa altitude considerável e pousou na cabeça do monstro, cravando sua espada de quartzo em seu pescoço. O segundo ciclope virou poeira dourada. "Dois a menos".

Syd golpeou as grades enferrujadas com sua espada Colosso e abriu passagem. Avançou apressado em direção a mansão. Pode ver, mesmo a distância, que enfrentaria problemas. Uma dracanae com roupas de empregada estava do lado de fora da porta esperando-o. Ela segurava uma palmatória que parecia ameaçadora. A criatura falou, alto:

- O que dessseja, sssenhor?
- Vim libertar a filha de Hécate. Sei que ela está aí! Terei que mata-la? - O garoto respondeu, soando bastante ríspido, mas a dracaenae respondeu com o mesmo tom anterior:
- A sssenhora essstá de cassstigo, ssse junte a ela.

A criatura girou sua palmatória com grande agilidade e surpreendeu Syd. Ela golpeou o garoto no ombro, num movimento rápido demais para defender, e o semideus gritou de dor, caindo no chão. A mulher serpente sibilou e o chicoteou com sua calda, mas Syd defendeu-se ativando seu escudo em chamas. A empregada gritou com uma voz aguda e recuou tempo suficiente para o campista levantar.  Os músculos do seu ombro estavam simplesmente acabados e fisgavam de dor ao menor movimento. O semideus suspeitava que a palmatória teria sido capaz de quebrar seus ossos, se eles não fossem te titânio.

A mulher serpente o encarou, mostrando sua língua saliente. Syd colocou-se em posição de defesa, segurando suas duas espadas, mas a dracaenae era rápida demais. Com um grito a criatura usou sua cauda para aplicar uma rasteira no semideus e o fez cair sentado. Ao completar o giro ela caiu sobre ele com um golpe de cima para baixo, usando sua palmatória. Syd ergueu suas duas espadas para aparar o golpe e conseguiu, mas sentiu seus braços tremerem de esforço. A dracaenae era muito rápida e muito forte para o semideus, por isso ele usou seu ultimo recurso, apertou o anel da paralisia e enrijeceu todos os músculos da adversária.

Syd levantou-se e encarou a empregada, que parara no meio de outro de seus movimentos. Ele ergueu sua espada de quartzo e rasgou o pescoço da criatura, que virou uma explosão avermelhada. Ela era um monstro bem poderoso, no final das contas. O  campista sentia seu ombro latejar cada vez mais, por isso guardou sua espada de quartzo na bainha e passou a empunhar apenas a colosso na mão direita. Golpeou a porta da mansão e abriu caminho.

A mansão não tinha nenhuma parede, era apenas um cômodo gigantesco, com inúmeras tochas nos dois andares de parede que emitiam um calor intenso. O chão do local era feito de terra e areia, e um grande buraco no meio da sala levava ao subsolo. Syd aproximou-se devagar, explorando o local com cuidado para não ser surpreendido, e quando estava próximo o suficiente do buraco, ouviu passos e gritos vindos do seu interior. Uma grande criatura irrompia da escuridão, com cascos negros lustrosos e pinças letais. Era um escorpião negro gigantesco. O monstro sentiu a presença de Syd e avançou contra ele sem esperar. Cravou sua cauda no chão, bem próximo de Syd, que por reflexo pulou para o lado antes.

O semideus voou para uma das paredes, se afastando do escorpião o máximo possível. O monstro era arrepiante. Syd pousou e esperou o escorpião virar-se para ele. Não podia estender muito o combate, pois sentia suas forças o abandonando a cada instante que se passava. Ele invocou várias videiras do chão que se amarraram a cauda do monstro firmemente e voou contra o escorpião. A criatura tentou golpeá-lo com suas garras, mas Syd defendeu-se com a lâmina da espada e acabou cortando o exoesqueleto negro com grande facilidade. O escorpião rugiu e fez força contra as videiras, arrebentando a maioria, mas não conseguiu se soltar. Syd pousou sobre ele e enterrou sua espada até o cabo, rompendo sem exoesqueleto como se fosse pele de bebê. A criatura virou poeira dourada imediatamente e Syd deixou-se cair sobre o chão de terra por um momento. Estava cansado demais e seu ombro piorava a cada instante.

Syd levantou-se e explorou o local por mais um tempo, mas não havia muito o que olhar. Então, caminhou em direção ao túnel e entrou no local. Era escuro, mas alguns archotes apagados jogados no chão mas alguns acessos nas paredes. O garoto caminhou por um tempo, até que encontrou uma parede de concreto com uma porta. Ele cortou a maçaneta fora com um golpe de sua espada e entrou. Uma garota de cabelos negros o olhos assustados o encarou, se encolhendo num canto da parede. Tinha hematomas feios na pele, mas parecia estar quase bem. Syd tentou soar com um tom tranquilizador e disse:

- Vim a mando de Nyx resgata-la, tenho que te levar para o acampamento meio sangue, e rápido.

A garota não mexeu um músculo. Syd guardou a sua espada na bainha, de repente imaginou o quão ameaçador um campista armado até os dentes poderia parecer para uma menina assustada. Ele se aproximou dela e acabou levando alguns tapas desesperados, mas a segurou pelo pulso e expulsou boa parte do medo e desconfiança dela, deixando-a mais tranquila. Ele falou de novo:

- Tenho que te levar para um local seguro, seu sofrimento acabou. - E retirou o anel de Nyx do dedo. Jogou no chão do quarto e abriu o portal. Segurou a mão da garota e atravessou direto para a enfermaria do acampamento. A missão estava concluída. Os curandeiros do acampamento ficaram surpresos, mas logo vieram atende-los. Syd se entregou aos seus cuidados e descansou.  


Poderes:
¥ Videiras Assassinas II: Videiras fortes e resistentes que podem brotar rapidamente de qualquer lugar e que podem se enroscar nas suas vitimas e prendê-las com facilidade. [gasta 20 mp]
¥ Gato Guerreiro I: Os filhos de Dionisio pode invocar um felino, este vestindo uma armadura de ferro. Energia do felino [120/120] Ao usar você perde 20 de energia.
¥ Toque das emoções: Ao tocar a pele de alguém os filhos de Dionisio pode fazer com que as emoções da pessoa tocada mudem, seja ela para o bem ou para o mal.

Armas Levadas:
Anel Fantasma - Deixa o usuário Intangível quando ativado. Funciona contra ataques físicos e mágicos. [By Melinoe]
♠ Espada de Quartzo e Prata - Uma parte da lâmina é transparente, graças ao quartzo. A outra parte da lâmina é toda de prata celestial. Espada extremamente afiada, pode matar os monstros mais poderosos com um corte simples, porém tem que ser profundo. [Parabéns. Presente da Rosie ^-^]
Espada Colosso: Uma grande espada com uma lamina super afiada que corta qualquer material seja ele magico ou terreno e ainda conduz uma grande energia que pode ser lançada do mesmo. [by Mestre Zeus]
Bracelete de Chamas. Um bracelete que gera um escudo de fogo que pode queimar se defender um golpe corporal. Se tiver desativado pode anular 2 ataques mágicos ou elementais por missões ou batalha
Anel do ar -> Este anel permite que você controle o ar para fazer voar você e seus aliados, porém apenas para voar [By Éter]
- Robe Lunar - Um Robe que imita a noite. Da invisibilidade para quem o usa, principalmente a noite.
avatar
Syd Barrett
Filhos de Dionísio
Filhos de Dionísio

Mensagens : 392
Data de inscrição : 11/06/2013
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
99/100  (99/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão one post para Syd Barret

Mensagem por Nyx em Dom Ago 04, 2013 3:52 pm

Ótima coerência, enredo perfeito, e teu texto me prendeu... Isso é muito bom.
Missão sucedida!
Recompensa: 5 pontos de inteligência + 400 xp + 500 dracmas + Anel transportador: O semideus que possuir este anel poderá se transportar para qualquer lugar que queira, é só girar o anel no ar e deixa-lo cair no chão. Ele abrirá um portal de sombras (By Nyx poderosa).
-20 de energia por usar o felino.
avatar
Nyx
Primordiais
Primordiais

Mensagens : 83
Data de inscrição : 28/06/2013
Idade : 25
Localização : Submundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão one post para Syd Barret

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum