Mount Olympian

Ficha de Reclamação de Amy Darkness

Ir em baixo

Ficha de Reclamação de Amy Darkness

Mensagem por Amy Darkness em Sab Dez 13, 2014 7:27 pm

Progenitor(a) Divino: Nyx
Progenitor(a) Mortal: Julius Darkness
Local de nascimento:Manhattan, New York
Cor dos Olhos: VerdeIntenso
Cor dos Cabelos: PretoClaro
Estatura: Mediana
Prefere ficar no(a): Defesa
É uma pessoa tímida? Sim
Faz o que os outros dizem? Não
É uma pessoa forte ou insegura? Forte
Sempre segue o plano? Depende da situação
Por que escolheu a divindade como progenitor: Eu gosto de Nyx porque me encaixo na descrição. Normalmente passo meu tempo olhando a céu a noite e escrevendo no meu diário, ou porque eu prefiro a noite do que o dia. Também acho Nyx uma deusa muito poderosa e respeitada. Gostaria realmente de ser filha dela.
História: Vou me apresentar. Meu nome é Amy Darkness e eu tenho 17 anos. Nasci em Manhattan, minha mãe morreu quando eu nasci, meu pai então ficou comigo. O nome dele é Julius Darkness. Ele é um astrólogo muito famoso, por isso quase não tem tempo para mim. Papai é sempre um homem muito misterioso, não gosta de falar muito sobre a mamãe. Ele ás vezes é brincalhão e me faz rir, mas evitamos tocar no assunto "Mãe".

Eu sempre morei em Manhattan, pois meu pai acha que ela é mais segura – eu descordo, quero dizer, já viram quantos assaltos acontecem aqui? Pois é nem da para contar nos dedos da mão. Eu não me dou muito bem com escolas, já fui expulsa de 11 escolas pelo meu incrível azar. Na verdade minhas notas não são ruins. Eu sou ótima em astrologia e em historia. Mas ás vezes eu causo uma confusão bizarra, como na última vez:

Eu estava no recreio, e eu vi um cara de capuz se aproximar de mim e eu nem liguei, mas assim que ele chegou mais perto consegui ver que ele só tinha um olho. Eu rapidamente sai de perto de lá, mas o cara me seguiu. Fui até o laboratório de ciências e me escondi atrás de um balcão e assim que ele apareceu na porta eu taquei todos os frascos que estavam na mesa, causando uma pequena explosão. Eu fui levada para diretoria e chamaram meu pai. Eles iam apenas me dar uma suspensão, mas eu comecei a gritar que caras de um olho só estavam atacando a escola e quem se ferra sou eu, então fui expulsa. Meu pai nunca levanta a voz para mim. Quando eu fui expulsa, meu pai apenas suspirou e falou que acharia uma escola melhor.

Não é só na escola que acontece esse tipo de coisa. Todo natal eu passo na casa da minha avó, mas em ano eu passei meu aniversario de 4 anos lá também. A festa estava incrível, porque eu sempre fui a preferida dela. Minha prima odiava isso. Quando foi na hora do "parabéns", eu pedi para meu pai me deixar abrir um presente, e foi oque eu fiz. O presente que eu abri era uma boneca Barbie cozinheira. Eu amei o brinquedo, ela usava um vestido branco, um avental azul cheio de cupcakes cor de rosa. Ela também usava chapéu de cozinheira na cabeça, em cima do cabelo preso no rabo de cavalo e brilhoso. Quando minha prima viu meu brinquedo ela falou que queria ele pra ela, e eu obviamente disse não. Então ela pegou da minha mão, e eu de vez de chorar que nem um bebê, comecei a puxar ele da mão dela fazendo um tipo de cabo de guerra. Mas ela ganhou. Eu fiquei com muita raiva dela, enquanto minha vó tentava fazer ela me devolver. Então eu gritei:

– ME DÁ! – E o bolo de aniversario explodiu.

Isso mesmo. Ele simplesmente explodiu e depois eu comecei a chorar, e meu pai me pegou no colo e me levou para o quarto. Até parece que essas coisas me perseguem.

Eu não sou muito social. Tive poucos amigos na vida. A que ficou mais tempo comigo foi a Suze. Ela teve que se mudar para Londres, tentei manter contato com cartas, mas ele parou de me responder. Eu espero que a resposta para esses problemas chegue logo pelo menos...
Batalha: Eu olhei para frente e consegui ver a dracaenae me olhando mortalmente. Saquei minha espada e coloquei meu escudo no meu braço, ela veio até mim com seu escudo e sua lança. Eu bloqueei o ataque com minha espada dando um passo para trás. Ataquei ela na barriga, mas ela desviou. Não sou muito boa no ataque. Ela deu duas estocadas, mas eu defendi com meu escudo. Aproveitando que ela estava concentrada demais me atacando, enquanto eu defendia com o escudo. Cortei umas das caudas delas e ela caiu no chão. Tentou me atacar com a lança mas eu consegui desviar, mesmo assim machucou meu braço. Por fim enfiei minha espada na barriga dela. E ela se desfez em pó.
Amy Darkness
Amy Darkness

Mensagens : 1
Data de inscrição : 13/12/2014
Idade : 22
Localização : CHB, Long Island

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum