Mount Olympian

Teste para Caçadoras de Ártemis

Ir em baixo

Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Hades em Dom Jul 28, 2013 8:55 am

Regras:
- Homens não participam;
- Não serão aceitas filhas de Afrodite e Eros;
- Proibido namorar, ficar, beijar, pegar ou ter qualquer outro relacionamento com homens;
- Servir lealmente a Ártemis.

Teste:

Nome Completo:
Progenitor Olimpiano:
Idade:

Por que quer ser Caçadora de Ártemis? Narre uma história sobre isso. (sem mínimo de linhas)

Como você vê a imortalidade das caçadoras? (sem mínimo de linhas)

Narre a caçada de um monstro completa, desde os primeiros sinais e pistas do monstro até o final dela com se você já fosse uma Caçadora. Poderá usar os poderes até nível 15, crie outras personagens que também serão caçadoras. (sem mínimo de linhas)
avatar
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 347
Data de inscrição : 03/06/2013

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Myrella Von Lousier em Dom Jul 28, 2013 1:26 pm

Nome Completo: Myrella Von Lousier
Progenitor Olimpiano: Atena
Idade: 16

Por que quer ser Caçadora de Ártemis? Narre uma história sobre isso. (sem mínimo de linhas)
Porque Myrella sempre se sentiu deslocada no meio de tantos homens, sim, pode parecer estranho, mas ela não queria se relacionar com nenhum deles, sempre quis se dedicar á seus estudos. Bom, após saber que era uma meio-sangue e conhecer mais sobre cada um dos deuses, ela ficara muito tentada á ser uma caçadora de Ártemis, sempre admirou aquela deusa e a forma como suas caçadoras eram fiéis, bravas e ainda por cima tinham a imortalidade. Sem contar, que ao se juntar á caçada, elas rejeitavam a vida anterior, sem mais ter relacionamentos amorosos. Perfeito!
•••
Um certo dia, Myrella estava em seu chalé estudando o mapa do acampamento a fim de instalar novos mecanismos de defesa, quando um garoto entra no chalé. Era filho de Deméter e ela não o conhecia muito bem. Ele sentou-se no sofá, próximo á ela e pegou um de seus livros, era Romeu e Julieta, um dos preferidos da garota.
- Bom livro, não? - disse o garoto sem olhar para Myrella.
- Sim, mas a história não me comove como antes, o amor não existe, não esse tipo de amor. - falou ela sem dar muita atenção á ele. Ele franziu a testa e guardou o livro.
- Você não acredita que possa se apaixonar algum dia? - dessa vez, ela levantou os olhos do mapa e olhou para ele. Bonito, pensou. Mas ela percebeu que ele estava dando em cima dela. Típico de garotos que são rejeitados pelas filhas de Afrodite, levam um fora e querem desesperadamente arranjar uma namorada. Myrella não estava nem um pouco interessada.
- Não, não acredito. - ela disse secamente - E o que você faz aqui? Estragou a biga, é? Pois não vou arrumar, leve até os filhos de Hefesto. - ela virou-se e guardou o mapa, tirando um bloco de anotações e escrevendo suas ideias para a nova defesa.
- Ah, não. Vim ver você... Bom, gostaria de saber se você gostaria de dar uma volta e...
- Nem perca seu tempo, eu não posso e não estou interessada.
Após isso, o garoto foi embora. Mas Myrella percebeu que essa seria a mesma resposta para todos. Ela não estava interessada em relacionamentos. Foi então que seu desejo para ser caçadora de Ártemis aflorou.

Como você vê a imortalidade das caçadoras? (sem mínimo de linhas)
Vejo como uma bela dádiva, viver para sempre caçando e servindo á deusa Ártemis, na companhia de guerreiras. Protegendo umas as outras e aprendendo cada vez mais.

Narre a caçada de um monstro completa, desde os primeiros sinais e pistas do monstro até o final dela com se você já fosse uma Caçadora. Poderá usar os poderes até nível 15, crie outras personagens que também serão caçadoras. (sem mínimo de linhas)

Após cinco meses junto com as caçadores e com Ártemis, eu não poderia estar mais feliz. Não estava nem um pouco arrependida de ter me juntado á caçada e sim, nutrindo de uma grande honra. Com a imortalidade, eu me sentia mais forte, mais poderosa e viva. Ártemis era uma grande amiga, ela era bela, inteligente, doce, protetora, e apesar de ela aparentar ser mais nova que eu, Ártemis era com uma irmã mais velha. As caçadoras estavam sempre juntas, apesar de ás vezes nos separarmos para alguma emboscada, mas eram raras as vezes.
- Você tem ideia de onde aquele monstro possa ter ido, My? - perguntou Alicia, uma das caçadoras e grande amiga minha. Pensei um pouco, estávamos caçando uma manticora, seguindo seu rastro, mas á alguns dias, havíamos perdido sua trilha.
- Não acho que tenha ido para a cidade, acho mais provável ter se estabelecido em uma montanha, caverna ou túnel abandonado. - eu disse á ela. Ártemis estava próxima e olhou para mim sorrindo.
- Myrella está certa, provavelmente ele está do outro lado da cidade, onde tem várias cavernas e grutas abandonadas. Vamos! - todas ajudaram a levantar acampamento e seguiram a deusa.
Ao chegarmos ás primeiras cavernas e grutas, Ártemis virou-se para nós.

- Há dezenas de lugares nessa imensa montanha onde a manticora pode estar escondida, então preciso dar uma olhada nos locais antes. Myrella, vem comigo. Ao encontrarmos o sinal do monstro, irei chamá-las, enquanto isso, montem acampamento por aqui.
Sorri ao ser escolhida para ir com a deusa, apesar de fazer pouco tempo que entrei para a caçada, eu conquistara a confiança da deusa rapidamente. Nos preparamos com arcos e flechas e caminhamos silenciosamente. Olhamos em várias cavernas e grutas, mas nenhum sinal do monstro. Quando estávamos quase entrando em outra caverna, ouvimos um rosnado perto de nós. A deusa resmungou algumas coisas inaudível a mim e nos viramos. O monstro que estávamos caçando estava á nossa frente, nos emboscando para dentro da caverna. Droga! Se ao menos pudéssemos lutar embaixo da lua, onde estaríamos mais fortes e protegidas... Olhei ao meu redor, a caverna estava escura, mas eu conseguia ver perfeitamente. Em um canto, um urso pardo hibernava. Cômico. Olhei para a deusa.
- Devemos chamar as outras...
- Não há tempo - retrucou a deusa- Vamos ter que acabar com ele você e eu. Fique atrás de mim...
Ela investiu contra o monstro. Me admirei com sua rapidez e força, mas o a manticora era forte também. Ele derrubou Ártemis quando ela investia contra ele em forma de puma. Ela levantou-se, em sua forma de garotinha e investiu novamente. Eu não podia ficar parada, peguei uma flecha da minha aljava encaixei no arco mirando os olhos do monstro. Como se lesse meus pensamentos, Ártemis saiu da frente do rosto da manticora, e em forma de falcão, ela bicava o pescoço dele, a fim de distraí-lo. Usando meu poder obtido por ser uma caçadora, mirei a flecha em um de seus olhos e como previsto, acertei. Mas a manticora não se desfez em pó, mas pelo menos a tinha machucado. Mirei no outro olho, deixando o monstro cego.
- Muito bem Myrella - elogiou-me Ártemis - Mas ele ainda pode nos farejar...  
A deusa se transformou em um urso pardo, como aquele que hibernava e se atirou contra a manticora. O peso do urso fez que o monstro caísse, mas a manticora e o urso/Ártemis continuaram agarrados e começaram a rolar para fora da caverna, onde rolaram morro abaixo. Mirei mais uma flecha, mas poderia acertar Ártemis. Com incrível agilidade, corri seguindo-os e saquei minha adaga. Olhei para Ártemis quando eu estava á menos de 3 metros deles.
- Agora! - gritei. Ela se transformou em um falcão e voou acima da minha cabeça, enquanto eu pulava sobre o monstro e fincava a adaga em seu peito. Ele arranhou meu braço, antes de se transformar em pó. Sorri ao cair na areia, mas meu braço estava latejando. A deusa, na forma de garota, correu até mim e me puxou para a luz lunar, onde o processo da cura era rápida. Ártemis enviou um chamado para as outras caçadoras e elas começaram a tratar de meus machucados enquanto me davam os parabéns pelo feito. Sorri, me sentindo imensamente orgulhosa.

Poderes usados: ☾ Flechas Lunar II. – Agora o dano aumenta para 20% [uma vez por missão].
☾ Cura Lunar II. – Agora, a caçadora recupera 10 HP por rodada sobre a luz da Lua.
☾ Pericia com adagas e espadas. – Agora, além de melhores arqueiras, as Caçadoras são as melhores com espadas e adagas.
☾ Visão Perfeita. – Por caçar nos mais diferentes ambientes, possuem visão perfeita em qualquer situação.
☾ Agilidade. – São mais ágeis do que filhos de Hermes. Podem fazer movimentos surpreendentes.
☾ Perícia com arco e flecha. – As Caçadoras de Ártemis são as melhores arqueiras já vistas.

avatar
Myrella Von Lousier
Caçadoras de Ártemis
Caçadoras de Ártemis

Mensagens : 33
Data de inscrição : 27/06/2013
Idade : 22
Localização : Por aí caçando com Ártemis, ás vezes no acampamento, chalé de Atena

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Perséfone em Dom Jul 28, 2013 2:24 pm

Meu parabéns Myrella, seja bem-vinda as Caçadoras de Ártemis.

Esperando att


Atualizado
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 208
Data de inscrição : 07/06/2013

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Lottie Stoll em Seg Ago 05, 2013 7:08 pm

Nome Completo: Charlotte (Lottie) Stoll
Progenitor Olimpiano: Hermes
Idade: 16 anos

Por que quer ser Caçadora de Ártemis? Narre uma história sobre isso.
Ser caçadora é uma aventura ... Imortalidade, chutar os malditos homens que correm atrás de você, caçar monstros, "morar" com uma deusa...
Um dos motivos para querer tornar-me caçadora de Ártemis, é claro que é a admiração que tenho pela deusa e seus feitos, admiro a coragem que a deusa teve em abrir mão do amor para seguir com a sua liberdade e ter a honra e orgulho de dizer que não precisa de um homem ao seu lado para ser feliz.
Eu sempre fui o tipo de garota bem popular, por ser engraçada e simpática e alem disso, bonita.
Não entendo bem, mas todos os garotos sentem uma atração por garotas ruivas.
Enfim, já tive alguns namorados, é claro, mas nunca senti “o amor verdadeiro” e nem pretendo, nunca me senti confortável em relação á garotos, acho que sinto um breve desgosto.
Todos dizem que o amor é uma dádiva, que vem no momento certo, mas o meu nunca virá, não quero que ele venha. Sempre me senti assim.
As únicas pessoas que amo, minhas irmãs Brooke e Nicki, e minha mãe, apenas.
Um término é muito frustrante, por mais que você não tenha sentimentos fortes pela pessoa. Você passa dias chorando e se sentindo a pessoa mais inútil do mundo e até reconquistar sua auto-estima já terá perdido um grande e precioso tempo.
Certo dia estava no chalé lendo um livro sobre monstros gregos, que peguei com uma colega, prole de Atena. Sentada em meu beliche completamente distraída com o livro...
Nicki chegou ao chalé, sorrindo e saltitando, achei estranho, pois minha irmã não era dessas.
_Advinha? – Ela me encarou sorrindo.
_Tenho bola de cristal, Nicki? Se liga... – Revirei os olhos e voltei minha atenção para o livro.
_Ai meus deuses, Lottie... Você ta na TPM outra vez? – Ela soltou um grande suspiro e me balançou pelo ombro. – Animo irmã! Animo! – Ela riu.
_Fala logo o que você quer Nicki... – Prestei atenção na garota por um momento, para não chateá-la
_Eu pedi pra você adivinhar! – Ela me encarou por alguns segundos, dei de ombros e voltei minha atenção para o livro. – Ai! Larga mão de ser chata... – Dei de ombros novamente. – Ok, eu te conto... – Ela me empurrou para o lado, e sentou-se. – Sabe quem eu ouvi falando que está afim de você?
_Hm?
_Brandon! – Ela riu – Isso mesmo o gostosão filho de Ares, gata... Que sorte, hein?
_Que bom pra ele... – Botei um sorriso irônico no rosto.
_Nossa Lottie... Você é uma ridícula! – Minha irmã me deu um soco no braço.
_Nem ligo... – Passei a mão para ameniza a dor.
_É sério Lottie, saia com o Brandon, ele é um carinha legal... – Ela estava quase pulando em cima de mim agora.
_ Nicki... Não! Não to afim... Me deixa, cara. – Peguei meu livro e sai do chalé, deixando minha irmã frustrada em minha cama.
Ao abrir a porta para sair, me deparo com Brandon sentado nos degraus, ele olhou para trás e botou um sorriso enorme no rosto.
_Oi Lottie... Estava esperando para falar com você. – O garoto disse se levantando.
_Oi Brandon... Agora não dá... Estou indo para a arena.
_Sem armas? – Ele disse franzindo o cenho...
_Na verdade... Hãm... Estou indo para a praia.
_Posso ir com você se...
_Se não for incômodo? É sim... Não estou afim de companhia.
Deixei o garoto para trás, caminhei até a praia tranquilamente e me sentei para ler. A página que tinha parado, falava sobre um monstro chamado Gration... Que foi assassinado por sua sobrinha-neta, a deusa Ártemis com suas flechas...
Ártemis... Caçadoras...
Agora fazia sentido o que eu queria ser...
Fechei meus olhos e comecei a me enxergar sendo como uma das caçadoras de Ártemis. Automaticamente um sorriso se formou em meu rosto.

Como você vê a imortalidade das caçadoras?
A imortalidade é um presente, uma dádiva. Estar ‘para sempre’ ao lado de uma deusa sabia, aprendendo cada dia mais, tornando-se sábia como a própria deusa... Há um momento que a imortalidade chega a ser chata, porem estar ao lado de pessoas incríveis como as caçadoras, torna isso precioso.

Narre a caçada de um monstro completa, desde os primeiros sinais e pistas do monstro até o final dela com se você já fosse uma Caçadora. Poderá usar os poderes até nível 15, crie outras personagens que também serão caçadoras.
Um mês junto as caçadoras, a vida mais incrível que eu poderia pedir aos deuses. Como sempre eu era a mais engraçada e bacana, e algumas das garotas se incomodavam com isso, mas Ártemis me adorava. Mesmo com sua aparência mais jovem do que a minha, ela era como uma mãe, para todas nós.
Não éramos um grupo grande, seis garotas e mais a deusa, mesmo á pouco tempo aqui já sinto que elas são minha família.
Estávamos á caçar uma Quimera, por duas semanas indo atrás dela, perdemos seu rastro duas vezes.
Nossos lobos seguiam-na pelo cheiro e eu mesma podia sentir que estávamos perto.
Meu grampo que se transforma em arco e a estava prendendo parte de minha franja e uma aljava de flechas infinitas de todos os tipos apareceria caso fosse necessário, uma das coisas que mais gosto em ser uma semideusa e caçadora são os itens mágicos, são incríveis... Também tem a faca de caça que vira um pingente, que agora esta pendurada em meu pescoço.
Ártemis estava falando sobre como foi caçar uma Manticora, isso aconteceu antes que eu chegasse.
Estávamos em alguma floresta de Chicago, tudo tão bonito. Pequenos flocos de neve caiam sobre as folhas secas das árvores.
_Vocês sabem que o monstro está por aqui. Sei que são capazes de derrotá-lo sozinhas, mas não vamos arriscar. – Ártemis começou dizendo. – Vamos nos dividir em duplas. Alice e Caira, Brietta e Melissa, Thonia e Jena, Charlotte e eu.
Claro que eu ficaria com a deusa, sou nova nisso, ela sabe que não sou muito experiente.
Nos separamos, dizem que as caçadoras são mais ágeis do que os filhos de Hermes, então sendo filha dele e somando minha agilidade com a das caçadoras, talvez eu fosse a mais ágil ali.
Escutei um rugido um pouco longe de onde eu e a deusa estávamos, claro que as outras também escutaram, mesmo longe de nós. Corremos o mais rápido que pudemos seguindo o som, os arcos já em mãos, colocando flechas no cordel...
Corremos por menos de dois minutos e nos deparamos com a Quimera sacudindo suas cabeças cheias de neve derretida. Provavelmente bateu na arvore e a neve caiu sobre ela, deixando-a irritada.
Ártemis olhou pra mim e piscou, como se dissesse “Você sabe o que fazer”, mas o problema é que eu não sabia bem... Lançar flechas no monstro até conseguir matá-lo? Ficar ali no meu cantinho e esperar as outras? Deixar que a...
_Agora Lottie! – Ártemis gritou para mim enquanto lançava suas flechas.
Apenas copiei a deusa, habilidosamente colocando flechas no cordel do arco e soltando-as. Flechas envenenadas, de fogo... De todos os tipos que eu pude imaginar.
Logo as outras caçadoras já estavam ali nos ajudando á acertar o monstro, provavelmente foram atraídas pelos urros de dor que o monstro dava.
Logo, tudo o que nos restava era pozinho dourado caindo sobre a neve do chão. Cobri meus olhos para que os restos do monstro não entrassem neles.
Minha primeira caçada, mais rápida do que costuma ser, eu me sentia tão feliz por estar aprendendo mais á cada dia.Com certeza eu fiz a escolha certa.
Essa é a vida que eu quero ter.

☾Sentidos aguados. – Por serem Caçadoras, possuem olfato e audição mais aguçados.
☾ Cura Lunar II. – Agora, a caçadora recupera 10 HP por rodada sobre a luz da Lua.
☾ Visão Perfeita. – Por caçar nos mais diferentes ambientes, possuem visão perfeita em qualquer situação.
☾ Agilidade. – São mais ágeis do que filhos de Hermes. Podem fazer movimentos surpreendentes.
☾ Perícia com arco e flecha. – As Caçadoras de Ártemis são as melhores arqueiras já vistas.

avatar
Lottie Stoll
Caçadoras de Ártemis
Caçadoras de Ártemis

Mensagens : 17
Data de inscrição : 28/06/2013
Idade : 23
Localização : Onde a vida me levar -q

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Perséfone em Seg Ago 05, 2013 7:35 pm

Bem vinda a Caçada, filha de Hermes
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 208
Data de inscrição : 07/06/2013

Ficha Meio-Sangue
Infrações:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para Caçadoras de Ártemis

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum